BEM VINDO!

Este é um espaço criado para que possamos trocar informações sobre:

- Psicanálise;
- Comportamento Humano;
- Patologias Psicoemocionais;
- Sentimentos: que constroem e que destroem;
- Relacionamentos;
enfim, toda abordagem que puder levar informação sobre melhor qualidade de vida
emcional.

Os textos não têm a pretenção de orientar, mas sim de poder oferecer uma alternativa de interpretação.
Sinta-se a vontade para opinar, contestar e discutir. Aqui, o que você pensa, será bem vindo!

Abraço,

Lindalva Moraes Pereira
Psicanalista –
SJCampos

Pesquisar este blog

sexta-feira, 6 de junho de 2008

TERAPIA COM FLORAIS DE BACH

O Dr. Edward Bach, médico bacteriologista, inglês, acreditava que toda enfermidade tinha seu princípio na desarmonia entre o estado emocional e o físico, mais necessariamente, algo que nascia no âmbito das emoções e se manifestava no corpo. Logo, ele passou a tratar não só os sintomas patológicos dos seus pacientes, mas principalmente suas angústias, anseios, melancolia, enfim, males emocionais diversos e imediatamente percebeu os resultados positivos desta metodologia.

Para isto, ele identificou 37 essências de flores, mais a 38ª que se trata de uma combinação das outras. Elas são específicas entre si e combinadas dão origem à fórmulas pessoais e distintas conforme cada caso e cada indivíduo. Por esta razão, a atenção à anamnese corresponde à aproximadamente 80% do sucesso do tratamento.


A terapia das flores age no plano mais sutil da pessoa, seu efeito, reconhecido em 1976 pela Organização Mundial de Saúde, não é conflitante com qualquer outro tipo de tratamento alopático (nem tão quanto deve substituí-los, sem orientação profissional), não possui efeitos colaterais de nenhuma espécie e não cria nenhuma relação de dependência.

Nenhum comentário: