BEM VINDO!

Este é um espaço criado para que possamos trocar informações sobre:

- Psicanálise;
- Comportamento Humano;
- Patologias Psicoemocionais;
- Sentimentos: que constroem e que destroem;
- Relacionamentos;
enfim, toda abordagem que puder levar informação sobre melhor qualidade de vida
emcional.

Os textos não têm a pretenção de orientar, mas sim de poder oferecer uma alternativa de interpretação.
Sinta-se a vontade para opinar, contestar e discutir. Aqui, o que você pensa, será bem vindo!

Abraço,

Lindalva Moraes Pereira
Psicanalista –
SJCampos

Pesquisar este blog

quinta-feira, 27 de agosto de 2015

DIVISOR DE ÁGUAS

Olha só: este blog foi criado há muitos anos atrás e certamente muita coisa mudou de lá pra cá, como por exemplo meu jeito de escrever, meus pensamentos, meus conhecimentos, até por causa da prática clínica, que ensina tanto quanto o cenário acadêmico, que aliás eu não tenho deixado de frequentar de um jeito ou de outro. Mais principalmente, porque eu, pessoa, por trás da figura analítica mudou. Certo até aqui?

Dito isso a segunda coisa muito importante a ser esclarecida é que eu escrevo para leigos, analisandos ou profissionais, que estejam dispostos a propor um debate e a me ajudar a produzir uma ideia nova, um pesamento inusitado. Questionamentos que buscam respostas, isso eu adoro. 

A Psicanálise precisa perder a cara elitizada que tem, e o português rebuscado demais que nem mesmo os intelectuais da área estão certos do que estão dizendo porque alguns já se perderam em suas próprias falas. E não sou eu quem está dizendo isso não, só estou engrossando o coro do Dr. Py, Dr. Aricó, entre outros mestres da Psicanálise contemporânea.

A minha ideia sempre foi essa: disponibilizar, possibilitar conhecimento descomplicado na medida do que é possível. Trocar experiência, oferecer a minha e também ganhar com a sua. 

Eu não pretendo reler artigos antigos, consertar o que eu acho que poderia ter ficado melhor, nada disso, vai tomar um tempo que hoje eu não disponho. Então, se colocar no campo de busca algum tema que lhe interesse, prefira o mais recente, depois até veja o mais antigo se preferir.

Se você tem alguma ideia diferente dessa, não perca seu tempo nesse Blog. Crie seu próprio Blog e se disponha a espernear por lá. Ok?

Acho que essa minha versão mais madura, menos acovardada e mais provocativa vai render bons frutos. Perdi muito tempo, deixando de escrever o que eu pensava, preocupada com a contabilidade da repercussão positiva ou negativa. 

O Freud dizia que a sua atitude diz muito pouco sobre você, mas em compensação suas motivações revelam tudo. E eu confio nas minhas motivações, que são de boa fé!

Tudo de bom pra nós!


Nenhum comentário: